Programa SciELO

O Programa SciELO, que teve inicio em 1997 como um projeto-piloto, é uma parceria entre a FAPESP e a BIREME/OPAS/OMS que se consolidou no Brasil e demais países da América Latina e Caribe como uma solução pioneira e inovadora para a publicação online em acesso livre aos textos completos, desenvolvendo simultaneamente a capacidade dos nossos editores na publicação online e melhorando progressivamente o posicionamento nacional e internacional dos periódicos científicos brasileiros.

 

Objetivo

  • Contribuir com o avanço da pesquisa por meio do aperfeiçoamento da comunicação dos seus resultados nos periódicos brasileiros e dos demais países ibero-americanos. Isto é, contribuir decisivamente para melhorar a qualidade dos periódicos por meio do aumento da visibilidade, acessibilidade, uso e impacto dos periódicos, com a seguinte estratégia: publicar os periódicos em coleções nacionais e temáticas de modo a criar escala e referência; publicar na Web com acesso aberto aos textos completos; desenvolver um serviço de indexação e produção de indicadores bibliométricos e complementar assim os índices internacionais. Esta estratégia optou pelo uso intensivo de metodologias e tecnologias contemporâneas e inovadoras em publicação científica, que contribuiu para o aumento notável de acesso aos artigos e posicionou os periódicos como referência, que passaram a receber mais submissões, permitindo mais seletividade e aumento de qualidade e promovendo assim um círculo virtuoso com suas comunidades de usuários.

Abrangência

  • O desenvolvimento da coleção brasileira foi logo acompanhado da coleção chilena, que deu inicio à Rede SciELO, que em junho de 2012, estende-se a 14 países ibero-americanos mais a África do Sul que publicam quase 1.000  periódicos científicos, com mais de 380 mil artigos em texto completo, mais de 8 milhões de referências bibliográficas e um número médio mensal de downloads de artigos em torno de 1,2 milhão.

    Os comentários estão fechados.